Belo Horizonte - MG
Belo Horizonte - MG

Capital               Belo Horizonte - MG                             
Area (Km²)   586.528.293
Números de Municípios 853
População estimada em 2010           19.595.309
{$emptyText}

Ladainha 1 - MGLadainha 2 - MGLadainha 3 - MGLadainha 4 - MG

Ladainha - MG

Ladainha - MG                                         Minas Gerais - MG                                  
População16.999
Ladainha é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

Localizado no Vale do Mucuri, Ladainha chama a atenção pela exuberância de suas matas, excepcionalmente preservadas ao redor da cidade, pelas cachoeiras e pela enorme pedra conhecida como "Marta Rocha", que se ergue da mata e é visível de todos os pontos da cidade. O município abriga, desde o fim de 2006, uma reserva indígena maxacali, com cerca de 200 habitantes.


História

Ladainha acha-se situada em uma sesmaria, antigamente denominada de Jacinto Mendes, sesmaria esta doada pelo Imperador D. Pedro II, em 1877, a um velho soldado veterano de Guerra com o Paraguai. Com referência ao nome Ladainha dado ao local, não se pode precisar nada. Contam os antigos que se originou pelo fato de residir nas proximidades onde se acha a cidade de Ladainha um velho conhecido pela alcunha de "Podô", assíduo rezador de terços onde icluía sempre uma ladainha.

De meados de 1914 a princípios de 1915, quando chegaram àquelas paragens o Coronel José Ribeiro de Oliveira, empreiteiro da Estrada de Ferro Bahia e Minas, e o pessoal que o servia, armou aquele um barracamento, que foi o marco inicial do povoado.

O nome de Ladainha passou a figurar quase que oficialmente após a conclusão dos trabalhos da construção da linha férrea e da estação. Havendo necessidade de ser dado um nome oficial à estação ferroviária, apelaram para que o Cel. José Ribeiro sugerisseum nome; ele, a título de brincadeira, repondeu: Ladainha do Podô. O velho Podô morava proximo à residência do Coronel e, como este dizia, o incomodava muito com as suas ladainhas. Desse modo, não só a estação férrea ficou com o nome de Ladainha, mas também o povoado e, afinal, toda a região.

Um dos fatores primordiais para o rápido desenvolvimento do povoado foi a localização e construção, em suas terras, das Oficinas borais da Bahia e Minas, em 1926, época em que foram construídas cinquenta e uma casas para resideências dos empegados da ferrovia. O terreno para a construçãofoi doado pelo cel. José Ribeiro que , nessa ocasião, já havia adquirido a posse do Sr. Jacinto Mendes.

Nessa mesma época

, a pedido do capitão Adolfo Sá, então presidente da Câmara Municipal em Teófilo Otoni, fez o coronel a doação de 10,5 alqueires de terras apra edificação da futura cidade, cuja área se acha desmembrada.

Em 1929, a sede do distrito que se encontra na Vila Concordia transferiu-se para Ladainha. Conforme assentamentos existentes nos "Livros de nascimentos e casamentos" do Cartório de Paz de Ladainha, o povoado e seu território foram elevados a vila e distrito, em setembro de 1932, sendo seu primeiro juiz de paz o major Manoel Silva Tavares. A vila foi elevada à categoria de cidade, sede do atual muinicipio de Ladainha, em 1948. Os debravadores da região foram o cel. José Ribeiro de Oliveira, também considerado o fundador da cidade, Manoel Dias Machado e Antonio Ramos da Cruz, sendo os primeiros que ali fixaram residência.

Os nascidos em Ladainha são chamados de ladainhenses.
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Pesquisar na Web

Publicidade

Doar Agora

Doaragoras

Twitter

Follow Us On Twitter - Image

PingMyUrl